Alguns pontos de destaque da palestra:

A água é o tema que tem ocupado todos espaços da produção animal.
No IV SPARH um dos temas mais importantes foi sobre nutrição de precisão com objetivo de reduzir o consumo de água e minimizar impactos ambientais causados pelas excretas animais.

Dois aspectos de extrema relevância:
Primeiro, a produção de aves, embora não gere resíduos significativos que impactem diretamente os recursos hídricos, sempre esteve aos arredores da produção de suínos ou gado.
Segundo, a melhor medida que podemos adotar para ter uma água de boa qualidade é evitar que essa água seja degrada.

A cloração da água na avicultura promoveu ganhos em conversão alimentar, reduziu a incidência de doenças transmitidas pela água com consequente redução do uso de medicamentos e trouxe uma redução de custos que “ainda” não foi mensurada

A dureza da água reduz a biodisponibilidade de enrofloxacina em frangos de corte. Nos países em desenvolvimento da qualidade da água não é considerada importante na escolha da área onde uma exploração avícola será localizado. No entanto, é nestes países onde a enrofloxacina é usado em demasia. Regulamentações quanto ao uso da enrofloxacina em todo o mundo são obrigatórios considerando o caso como um problema de saúde pública, devendo ser evitada usos abusivos e sem controle que possam ocasionar a resistência dos agentes antibacterianos.

Faça download da palestra completa: O impacto da água no desempenho das aves e nos custos de produção